Slider

Postagem em destaque

Idosos do SCFV visitam Retiro São João Batista

A programação de setembro para os idosos, promovida pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de São João da Barra, por meio...

terça-feira, 3 de abril de 2018

Câmara requer informações sobre empregabilidade no Porto

A empregabilidade no Complexo Portuário do Açu foi destaque na sessão da Câmara de São João da Barra nesta terça (3). Por meio de requerimento assinado por todos os vereadores, o Legislativo solicita que a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico informe a quantidade de funções absorvidas pelas empresas que prestam serviço ao porto e qual é o relacionamento do setor com a empresa Andrade Gutierrez – que vai construir a termelétrica – sobre a mão de obra local e suas contratações.

Segundo os parlamentares, é constante o número de reclamações de sanjoanenses que não conseguem vaga de trabalho no porto, e o objetivo do requerimento é tentar reverter esse quadro. O presidente da Casa, Aluizio Siqueira (PP), chamou atenção para as informações fornecidas, esta semana, pela Andrade Gutierrez ao Balcão de Empregos do município. “Consta aqui que ela já contratou 75 pessoas, sendo que desses 75, apenas 26 são moradores de São João da Barra. Isso é muito pouco; precisamos buscar mais espaços para os sanjoanenses”, observou Aluizio. Outros 10 munícipes estão em processo de contratação pela empresa. Os demais vereadores também acharam baixo o índice. “Esse porto só está preocupado com o lucro”, disse Gerson Crispim (Gersinho/SD).

Demais matérias aprovadas – Ronaldo Gomes (PROS) solicitou à Secretaria de Transportes, a colocação de asfalto na rotatória próxima ao trevo do Cuíca (Atafona). Ele também solicitou a reposição de lâmpadas queimadas nos postes da Cehab e os que ficam em frente ao comércio do senhor Dinei, na Beira Rio (Atafona). Entre as indicações aprovadas e destinadas ao Executivo, Gerson Crispim (Gersinho/SD) propôs a construção de um campo futebol society em Palacete e de um muro ao lado da praça de Cazumbá.

Franquis Arêas (PR) sugeriu a colocação de guardas municipais e cones na BR-356 em Degredo e nas proximidades da escola ali existente. Franquis também pediu a permanência de guardas para realizar a ronda em todo o município. Alex Firme (PP) propôs a construção de um abrigo (canil) para os animais de rua. Ele também solicitou a realização de serviços de urbanização completa, drenagem e calçamento nas ruas de Chapéu do Sol.

Por fim, o plenário aprovou o projeto de lei nº 016/2018, de autoria do Executivo, que altera a redação do artigo 1º da Lei Municipal nº 513/2018 (sobre a revisão geral anual para os servidores públicos municipais efetivos) para incluir na legislação, os servidores públicos admitidos antes da promulgação da Constituição Federal de 1988 e que permanecem vinculados ao município. Com isso, esses profissionais também terão o direito de receber os 5% de aumento em seus salários.

Fonte: CMSJB


segunda-feira, 2 de abril de 2018

Dia Mundial da Conscientização do Autismo

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de São João da Barra realizou nesta segunda-feira, 2, uma caminhada na avenida Joaquim Thomaz de Aquino Filho e rua Barão de Barcelos com os alunos da instituição para marcar o Dia Mundial da Conscientização do Autismo.

A data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) e tem por finalidade alertar a sociedade sobre a doença, visando a quebra de preconceitos em torno das pessoas que convivem com o autismo. De acordo com pesquisa da Organização Mundial da Saúde (OMS) de 2017, o autismo afeta uma a cada 160 crianças.

Simbolizado pela cor azul, o autismo pertence a um grupo de doenças do desenvolvimento cerebral, também conhecido como Transtornos de Espectro Autista (TEA). Apresenta-se de forma única para cada pessoa, e existem vários níveis diferentes.

– Queremos que momentos como este produzam nas pessoas uma reflexão sobre o autismo e a necessidade de acolher cada um dentro de suas especificidades – disse a presidente da Apae, Gerlane Gonçalves.

Dos 112 alunos atendidos hoje pela Apae, 12 possuem o transtorno de espectro autista. Diariamente eles recebem atenção em trabalhos de escolarização, oficinas pedagógicas, além de atendimento ambulatorial. O transtorno no desenvolvimento do cérebro afeta cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo.

Fonte: Secom - SJB



Combate ao mosquito Aedes aegypti

O combate aos focos do mosquito Aedes aegypti – transmissor da zika vírus, chikungunya, dengue e febre amarela – foi intensificado pelo Núcleo de Controle de Zoonoses (NCZ) de São João da Barra, com ações em todo município.

O trabalho é feito com tratamento perifocal, fumacê, visitas domiciliares, recolhimento de pneus em borracharias, assim como o tratamento de bueiros e aterramento de alagados, mutirões nos bairros e palestras nas escolas municipais.

Segundo o diretor do NCZ, Marcos Machado, a participação social é fundamental para vencer a luta contra o mosquito da dengue.

“Precisamos do apoio da população neste trabalho de combate aos focos do mosquito. Se cada um fizer a sua parte cuidando do seu quintal, os resultados serão mais eficazes. Essa é uma ação em que todos devem estar comprometidos”, salientou.

Os cuidados devem começar, orienta Marcos, nas residências, não deixando água parada, destruindo os locais onde o mosquito nasce e se desenvolve, evitando a sua procriação, como latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, entre outros.

Nesta terça-feira, 03, a equipe do NCZ vai realizar uma ação em Atafona, nas proximidades da Igreja da Penha

Fonte: Secom - SJB