Slider

Postagem em destaque

Investigação revela exército de perfis falsos usados para influenciar eleições no Brasil

São sete da manhã e um rapaz de 18 anos liga o computador em sua casa em Vitória, no Espírito Santo, e dá início à sua rotina de trabalho. ...

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Câmara de SJB requer informações sobre transporte público municipal


O problema do transporte público municipal em São João da Barra foi debatido na sessão desta terça-feira (5) na Câmara de Vereadores. Por meio de requerimento, o presidente da Casa, Aluizio Siqueira (PP) solicitou à Secretaria de Transportes que forneça ao Legislativo, informações sobre a regulamentação da lei nº 372/2015 (transporte alternativo municipal de passageiros em veículos utilitários). O vereador também quer saber quais providências já foram tomadas e se existe alguma previsão do início do cadastramento dos veículos. O município encontra-se sem o transporte público municipal, o que vem gerando transtorno à população.

Segundo Aluizio, já existe uma lei (aprovada no dia 10 de julho de 2015) para que o município conte com transporte alternativo. “Só que se passaram dois anos e ela ainda não foi regulamentada. A Câmara fez a parte dela e esperamos que se tenha uma solução”, observou Aluizio.

O vereador Gerson Crispim (Gersinho/SD) fez coro: “Muito tempo já foi dado para a secretaria resolver esse problema. Imagine quando começar o verão...”, lembrou. Outro que comentou foi o vereador Franquis Arêas (PR). “A população vem sofrendo e a cobrança em cima de nós é grande e com razão. Precisamos saber se já tem alguma empresa em vista para trabalhar”, disse.

Também por meio de requerimento, só que ao Governo do Estado, Franquis solicitou a implantação de um posto de vistoria do Detran na sede. Em conjunto, Aluizio e Carlos Alberto Alves Maia (Caputi/PTN) requereram um mutirão de reparos em todas as vias públicas de Grussaí sem pavimentação, do outro lado da Lagoa, dos loteamentos Liramar e Lagoinha, com a colocação de “Bica Corrida e Nivelamento”.

Indicações aprovadas ao Executivo - Ronaldo Gomes (PROS) sugeriu serviços de drenagem, urbanização e calçamento da Rua Amaro Pedro Viana (rua do Colégio Pequena Isa) em Grussaí, e serviços de reforma e nivelamento do calçamento na última rua de Chapéu do Sol (onde o ônibus faz o contorno). Eziel Pedro da Silva (PMDB) propôs o término das obras de calçamento da Rua Julia Cortês (atrás do Sesc Mineiro de Grussaí).
Elísio Rodrigues (PDT) indicou a reforma da quadra esportiva e de todas as dependências da Escola Municipal Elysio Magalhães, em Barcelos. Os vereadores Alex Firme (PP) e Ronaldo propuseram a execução de obras de urbanização e calçamento das ruas do Bairro Santa Rita, na localidade de Perigoso e na Lagoinha (em Grussaí). Sônia Pereira (Soninha/PT) solicitou à Prefeitura que envie uma cópia da lei de criação da nova divisão geográfica (distritos) de São João da Barra para a agência dos Correios e Telégrafos do município.
Em conjunto, Aluizio, Ronaldo e Caputi solicitaram o asfaltamento da rua na descida da ponte de veículos em Grussaí até a Avenida Afonso Nunes, e em todo o contorno do trevo onde se localiza o ponto da Guarda Municipal no Bairro Nossa Senhora Aparecida (Grussaí). Franquis indicou o asfaltamento da estrada que liga a Ponte do Rio Doce até Quixaba. Gersinho propôs a criação de escolinhas de futebol em todo o município e colocação de carros de resgate para atender à comunidade do 5º. Distrito.

Mais - Por fim, o plenário aprovou o projeto de lei nº 053/17, cujo objetivo é permitir que o Executivo participe do Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos (PMAT) do BNDES. O projeto possibilitará ao município, realizar investimentos voltados à melhoria da eficiência, qualidade e transparência na gestão pública, fortalecendo a capacidade gerencial, normativa, operacional e tecnológica da administração municipal. 


ASCOM Câmara

0 comentários: