Slider

Postagem em destaque

Idosos do SCFV visitam Retiro São João Batista

A programação de setembro para os idosos, promovida pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de São João da Barra, por meio...

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Encontro discutiu novas parcerias para o município

Representantes das secretarias de Agricultura e de Meio Ambiente e Serviços Públicos de São João da Barra se reuniriam na última quarta-feira, 22, na sede da subprefeitura em Sabonete, com os representantes da Patense, empresa responsável pela produção de suplementos para rações.
Em pauta, questões relacionadas à viabilidade para a coleta e destinação de resíduos de processamento de pescado do município, visando a conscientização, sustentabilidade e equilíbrio ambiental.
Para o secretário de Agricultura, Osvaldo Barreto, é importante abrir esse canal de diálogo com as empresas da região e ouvir suas propostas. “Temos um cenário que pode se beneficiar com este tipo de projeto. Articulamos esse encontro e estamos aqui para ouvir e discutir não só com a empresa, mas com a comunidade essa e outras propostas que sejam de interesse coletivo”, justificou.
A subsecretária de Meio Ambiente, Joice Pedra, avalia como positivo o encontro. “Estamos sempre em busca do diálogo e de parcerias visando o desenvolvimento do Município no que diz respeito à sustentabilidade e equilíbrio ambiental”, destacou.
Participaram do encontro – além do secretário Osvaldo Barreto e sua equipe técnica e da subsecretária Joice Pedra – o vereador Alex Firme, o superintendente de Pesca de Campos, José Armando, a coordenação local do Projeto Pescarte, através de Mônica Brito e Laís Almeida, que também representou a Cooperativa Arte Peixe, Associação de Moradores e Pescadores da Quixaba.
De acordo com o representante da Patense, Gastão Otávio Coreixas, a empresa investe em parcerias para implementar soluções na coleta e correta destinação de resíduos de processamento de pescado pelos diversos municípios onde atua.“A razão da existência da Patense é a transformação de resíduos em produto beneficiado para uso na ração animal”, explicou.



0 comentários: