Slider

Postagem em destaque

Idosos do SCFV visitam Retiro São João Batista

A programação de setembro para os idosos, promovida pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de São João da Barra, por meio...

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Prefeito se reúne com representantes da Edison Chouest

Empregabilidade utilizando mão de obra local, perspectivas futuras em termos de oportunidades de trabalho e parcerias visando a qualificação de acordo com as exigências do mercado. Esses foram alguns dos assuntos discutidos em uma reunião nesta quarta-feira, 15, entre o prefeito de São João da Barra, José Amaro Martins de Souza, Neco, e representantes da empresa Brasil Port, filial da americana Edison Chouest  Offshore, contratada pela Petrobras para a prestação de serviços de transportes marítimos tendo como base o Porto do Açu.

Na oportunidade, o prefeito foi informado do andamento das obras e da previsão do inicio das operações. “Estamos atentos ao desenvolvimento do complexo portuário do Açu e essa reunião foi importante para acompanharmos a execução das obras de logística portuária, nas etapas de implantação da Brasil Port, que integram o conglomerado da Edison Chouest Offshore”.

Atualmente a empresa está em fase de construção dos berços de atracação, sendo que os dois primeiros deverão entrar em operação já no início de 2016. Nesta etapa da obra, 40% da mão de obra utilizada, segundo informações do secretário de Trabalho e Renda do município, Luiz Paulo Madureira, é sanjoanense, o que representa 64 trabalhadores da construção civil.

“Esses números, em breve, deverão aumentar, já que a Construtora Stein, contratada para executar a obra, preencherá mais 40 vagas”, disse o secretário, lembrando que as oportunidades são para pedreiro, carpinteiro, armador de ferragem e servente da construção civil. A prioridade é de aproveitamento da mão de obra local.

Também presente à reunião, o secretário de Fazenda de São João da Barra, Edson Cláudio, destacou o aquecimento econômico do município a partir da operacionalização do trabalho de logística em sua plenitude, quando deverão ser gerados cerca de 600 empregos diretos. “É um número significativo e o município continuará investindo para que parte dessas vagas seja ocupada pela população que vem recebendo cursos profissionalizantes e de capacitação”.

Também participou da reunião o secretário de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Kleyton Calado da Rosa. 

Fonte: Site da Prefeitura Municipal de SJB


0 comentários: