Slider

Postagem em destaque

Idosos do SCFV visitam Retiro São João Batista

A programação de setembro para os idosos, promovida pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de São João da Barra, por meio...

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Autopista Fluminense conscientiza motociclistas na BR-101, em Campos

Vagner Basilio
Última ação da empresa aconteceu no ano passado

Mais de 40% dos motociclistas que utilizam a BR-101 RJ / Norte, já sofreram acidentes. Este é um dado da pesquisa realizada pela Arteris, da Autopista Fluminense, empresa que administra a rodovia.
Com base nestes dados e tantos outros, como condutores que utilizam aparelhos de segurança e andam conforme a lei, a empresa realizou na manhã desta terça-feira (15/09), a ação Viva Motociclista, que aproveita o Mês da Segurança, tem como principal objetivo orientar aos motociclistas como obter um bom relacionamento, a utilizar o capacete, luvas e vestimentas adequadas para conduzir uma moto de maneira segura, como luvas, jaquetas e sapatos. No ano passado, os agentes atenderam cerca de 300 condutores de motocicletas.
A equipe do Site Ururau entrou em contato com o supervisor de tráfego, Ramon Silva, que explicou que a ação acontecerá até ás 16h pretende atender mais de 300 motociclistas. “Estamos aqui hoje para conscientizar e passar aos motociclistas que quanto mais cuidados e responsabilidade tivermos ao trânsito, menores são as chances de durante um acidente na rodovia, a tragédia ser maior, podendo causar até a vida do condutor”, disse Ramon.

Durante a ação, os motociclistas são abordados pelos agentes e convidados a participarem da conscientização. Durante o tempo em que participam do evento, os motociclistas passam por uma entrevista, por uma avaliação médica e no final ganham brindes da empresa e cartilhas de dicas de segurança.
Esperando pela entrevista, o motociclista Pedro Minguta, de 61 anos, que conduz motocicletas há bastante tempo, aprovou a ação da empresa administradora da rodovia. “Achei essa ideia muito boa, porque nos abre os olhos para algumas questões que nos passam despercebidos”, disse o motociclista.

 Fonte Ururau

0 comentários: