Slider

Postagem em destaque

Idosos do SCFV visitam Retiro São João Batista

A programação de setembro para os idosos, promovida pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de São João da Barra, por meio...

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

São João da Barra adere à paralisação do dia 28

Setores públicos municipais, com exceção dos serviços essenciais, suspenderão as atividades por 24h

São João da Barra segue orientação da Associação Estadual de Municípios do Rio de Janeiro (Aemerj) e, assim como grande parte das cidades fluminenses, adere à paralisação por 24h das prefeituras programada para próxima segunda-feira, 28. A exceção fica por conta dos serviços essenciais. O protesto é pela redução dos repasses de recursos federais.

Atrasos em diversos repasses federais, de até quatro meses, vem comprometendo o cronograma de desembolso e a programação financeira dos pagamentos, como explica o secretário municipal de Fazenda, Edson Claudio Machado. “As despesas empenhadas em determinada fonte não podem ser pagas por outra fonte. Portanto, havendo atraso no repasse, esse pagamento fica comprometido”.

Na verba oriunda dos repasses dos royalties do petróleo, de acordo com dados da secretaria municipal de Fazenda, está a grande perda de São João da Barra no ano de 2105.

“Além de conviver com um atraso de até cinco dias no repasse mensal, tivemos até o momento uma frustração de receita de 152 milhões de reais. Ou seja, do que prevíamos arrecadar em termos de royalties no ano de 2015, o valor repassado foi aproximadamente 52% a menos”, explica o secretário Edson Claudio.

Fonte: Secom - SJB


0 comentários: