Slider

Postagem em destaque

Idosos do SCFV visitam Retiro São João Batista

A programação de setembro para os idosos, promovida pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de São João da Barra, por meio...

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Sem saber que estava grávida, mulher dá à luz sozinha


A mulher mora com o marido e uma filha em um rancho do Parque do Desengano, em São Fidélis


Sem imaginar que estivesse grávida, a dona de casa Suelen deu à luz uma menina no último sábado. Ela mora com o marido – Nelson – e uma filha de nove anos em um dos seis ranchos do Parque do Desengano, em São Fidélis. Os administradores financeiros Alberto Luiz Neves Feijó e Gustavo Neves Feijó também têm um rancho no local e foram os primeiros a conhecer a pequena Helena ainda ligada à mãe pelo cordão umbilical.

Nelson é caseiro do rancho da família Feijó e disse aos patrões - na manhã deste sábado - que a esposa estava sentindo fortes dores na barriga. Por volta do meio dia, voltou a procurar os irmãos, dessa vez, em pânico. O mal estar da esposa tinha se agravado. Os homens encontraram Suelen deitada na cama do casal com a criança recém-nascida entre as pernas.

“Quando estávamos bem próximos à casa da família do caseiro já dava para ouvir um choro de criança. Continuamos correndo. No interior da residência, encontramos um bebê sujo de sangue e ainda com o cordão umbilical. Olhávamos uns para os outros como se não acreditássemos naquela cena, mas era preciso tomar uma providência. Foi aí que respiramos fundo e começamos a agir por conta própria”, relatou Alberto.  O administrador disse ainda que esterilizou uma tesoura e as mãos do irmão Gustavo com álcool para finalizar o parto começado pela própria mãe da criança. 

Após enrolar o bebê em um cobertor, os irmãos Feijó e o marido de Suelen decidiram então pedir auxílio médico. O parque não tem sinal de telefonia celular e Alberto saiu do rancho do Nelson para fazer uma ligação ao serviço de emergência de São Fidélis. Nessa ocasião, encontrou um grupo formado por três praticantes de trilhas de Macaé.

“Expliquei para eles a situação inusitada que eu tinha acabado de passar e perguntei se tinham noção de primeiros socorros. Eles se prontificaram a ajudar e levei-os ao rancho do Nelson. A colaboração deles foi a ligação para a Defesa Civil e Corpo de Bombeiros. Eles encontraram a recém-nascida nos braços da mãe, enquanto Nelson explicava para a filha mais velha o que tinha acontecido ali”, finalizou Alberto.

Mãe e filha foram levadas para o Hospital Armando Vidal, em São Fidélis. No local, a placenta foi extraída e as duas receberam cuidados médicos.


Jornal Terceira Via

0 comentários: