Slider

Postagem em destaque

Idosos do SCFV visitam Retiro São João Batista

A programação de setembro para os idosos, promovida pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de São João da Barra, por meio...

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Suspeito de matar namorada em São Paulo é solto por falta de mandado

  Reprodução

Horas após ser detido pela Polícia Militar em Goitacazes, A.S.S., suspeito de matar a tiros a namorada, em São Paulo, foi solto. Apesar de ser o único suspeito e ter sido apreendido em outro estado, os policiais da 134ª Delegacia, no Centro de Campos, não puderam prender o rapaz, porque a Justiça não havia pedido a prisão dele.
A.S.S. foi detido na noite da última terça-feira (25/08), por volta das 22h na RJ-216, rodovia que liga Campos ao Farol de São Tomé, próximo à Praça dos Quiosques, no distrito de Goitacazes, na Baixada Campista. De acordo com a polícia, o homicídio teria ocorrido no último sábado (22/08), em São Paulo.
A vítima, Giovana Marangão, tinha apenas 17 anos e morava em Minas Gerais, assim como o suspeito. O casal estava na casa da tia do rapaz, em São Paulo, quando a adolescente foi assassinada com dois tiros na cabeça.
De acordo com os policiais militares do Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) da localidade, em patrulhamento de rotina foi avistado um homem andando sozinho pela via muito agitado e olhando muito para traz, o que motivou a abordagem.

Ainda segundo os militares, durante a revista, nada de ilícito foi encontrado, mas ao ser questionado pela sua inquietação, o homem identificado pelas iniciais A.S.S. disse que teria matado a namorada em outro estado e que estaria fugindo da polícia. Segundo os policiais, A.S.S. foi levado para 134ª Delegacia Legal do Centro onde o delegado de plantão entrou em contato com a 89ª Delegacia de Polícia do Morumbi, em São Paulo, onde o assassinato está sendo investigado.


 Fonte Ururau

0 comentários: