Slider

Postagem em destaque

Idosos do SCFV visitam Retiro São João Batista

A programação de setembro para os idosos, promovida pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de São João da Barra, por meio...

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Três detentos fugiram do presídio Carlos Tinoco da Fonseca, em Campos, na madrugada de segunda-feira

Foragidos: Portal dos Procurados divulga foto dos presos

O cartaz com a foto dos três presos que fugiram do presídio Carlos Tinoco da Fonseca na madrugada de segunda-feira (3) está sendo divulgado no Portal dos Procurados. Thiago Moura do Rosário, Fabrício Rosa da Silva e Eduardo Souza, também conhecido como “Gordinho”, escaram pela porta da frente da unidade sem serem vistos e a Polícia Militar ainda não conseguiu localiza-los.

Segundo o Portal dos Procurados, quem tiver informações a respeito da localização dos foragidos pode denunciar anonimamente por meio de uma mensagem de texto, vídeo ou fotos para o aplicativo WhatsApp (21) 96802-1650, ou entrar em contato com a Central Disque-Denúncia pelos telefones (21) 2253-1177 e 0300-253-1177, para quem estiver fora da capital.

Os três detentos foram presos por crimes distintos: Thiago Moura do Rosário possui uma anotação por tráfico de drogas; Fabrício Rosa da Silva possui várias anotações criminais por roubo, homicídio, formação de quadrilha, lesão corporal e tráfico de drogas, além de possuir cinco mandados de prisão, pendentes na Justiça; e Eduardo de Souza possui três anotações, sendo uma por homicídio e as outras por formação de quadrilha e porte ilegal de arma de fogo.

Fuga: Thiago, Fabrício e Eduardo chamaram os inspetores na madrugada de segunda para pedir atendimento médico. Com a aproximação, os presos renderam os agentes, roubaram duas armas de fogo — uma pistola ponto 40 e uma escopeta calibre 12 — e os trancaram dentro do banheiro. Eles conseguiram escapar pela porta da frente do presídio após rasgarem o alambrado que circunda a unidade. As informações foram passadas pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).


A Seap decidiu ainda que trocar a direção do presídio Carlos Tinoco da Fonseca após o episódio. Em nota, a secretaria informou que “a mudança ocorreu por decisão administrativa”. 


 

Fonte:Jornal Terceira vIa

0 comentários: